sexta-feira, 3 de junho de 2011

FLIGTH REPORT


Cia: Gol/Varig Linhas Aéreas Inteligêntes S/A
Aeronave: Boeing 737-700 PR-GOL
Ocupação: 87 pax
Origem: GYN 10h20
Destino: BSB 11h07


Realizamos um Fligth Report do voo G3 1879, entre Goiânia e Brasília.

Como tinha um voo para assumir em BSB resolvi pegar um voo da GOL para ver como anda os serviços da companhia entre Goiânia e Brasília.

CHECK-IN - GYN

Cheguei no Aeroporto Santa Genoveva as 9h20, como não tinha bagagem para despacho fui logo no autocheck-in.  A área de check-in da Gol no Santa Genoveva estava vazio ainda com mostra na foto seguinte.
Foi bem rápido e fácil o autocheck-in da Gol, faltando poucos minutos para o o embarque na aeronave, passei pelo raio x e já dentro da minuscula sala de embarque do Aeroporto Santa Genoveva, dei cara com o que todos já sabemos, apenas 4 portões de embarque e na pista 8 aeronaves, sendo 3 em procedimento de embarque e 5 aguardando as liberação dos portões. Para minha alegria e de muitos neste dia estava no pátio o Airbus da TAM com a pintura especial do filme RIO, pelo menos isso para tirar atenção das péssimas condições da sala de embarque do Santa Genoveva.


Já dentro do Boeing 737 procurei meu assento lógico "janela", bem apertado por sinal o espaço entre os assentos da GOL, e a aeronave nao estava tão limpa assim para assumir um voo entre gyn e bsb.

Segue mais uma foto tirada de dentro do boeing do Airbus da Tam, enquanto realizavam os procedimentos de segurança a bordo.


Prontos para a decolagem, partimos às 10h36, um pequeno atraso tudo por causa do embarque.

SERVIÇO DE BORDO


Bom, eis ai o que foi servido a bordo no curto trecho entre GYN e BSB. Simplesmente nada, nem àgua, suco, o que geralmente é servido na ponte gyn-bsb/bsb-gyn. Os avisos luminosos dos cintos de segurança ficaram acessos durante todo o voo, perguntei ao comandante no final do voo já em bsb ele me respondeu que era um procedimento que a companhia estava estudando para não ter o serviço de bordo. O comandante pediu para não ser identificado por causa de retalhações. 
Algumas semanas atrás peguei um voo de bsb para gyn pela GOL e serviram àgua e suco de laranja e pêssego. Enfin como a tarifa é tão cara entre Gyn e Bsb e vice-versa, seria agradável pelo menos uma bebida de agrado para os clientes.

Pousamos em BSB às 11h07 bem pontual, num pouso tranquilo sem aquelas pancadas e freiadas fortes que só a GOL sabe proporcionar aos clientes.


O desembarque foi realizado pela ponte 8, tipo ficamos exatamente 14 minutos aguardando para liberar o desembarque, e sem ar condicionado dentro da aeronave achei isso incrível.

Bom a avalição da Equipe do Aviação em Gyn e no Mundo com meu relato foi: 7

 A Gol precisa rever os voos diretos de GYN para BSB e vice-versa, a qualidade é péssima no atendimento tanto da parte dos Agentes de Aeroportos principalmente em Goiânia, quanto dos comissários de bordo, não estamos falando só deste voo mas sim de outros que nossos moderadores e colaboradores pegam sempre que terminam seus voos em BSB. E com essas tarifas lá encima e ainda sem serviço de bordo se quer àgua não dá.  Infelizmente hoje Goiânia e Brasília conta apenas com a Gol, Tam e Sete para realizar esse trecho, quem sabe se um dia Deus permitir e o novo aeroporto de Goiânia sair, não temos ai a Azul, WebJet operando nesses voos com preços atraentes.

2 comentários:

Anônimo disse...

ATENÇÃO FÃS DOELECTRA II. A versão militar da aeronave já está no Brasil. Os P-3 AM serão gurdiãs do pré-sal, então estarão muito aí no Centro-Sul do país, uma vez que ficarão baseados em Salvador, cidade que sobrevoou ontem.

Mariana disse...

Geralmente se paga muito pela viagem em avião, e os serviços que se recebem não são tao bons...
A comida de pedidosja é muito melhor que a que comi no avião, e paguei muito menos por ela!